quinta-feira, 5 de julho de 2007


Inspirado no post da Ti lá no Prozac Café

Sentir-se junto é a sensação de aconchego e sossego. Amor não se mede por quantas vezes a gente se toca, mas por quantas vezes chegamos um no outro...

7 comentários:

disse...

Mas tu é chegada num gato né?
Eu também ,mas prefiro os de duas patas(rss).

Ti disse...

Anne,

Que sensação boa deste gato.. É assim que me sinto às vezes, puro aconchego!!

Tem toda a razão... Amor não se mede, nem em quantidade, nem em qualidade... Apenas sente-se junto com a total irreverência do tempo!!!

Beijos

Flavio Ferrari disse...

E eu já ví essa carinha antes, e não foi num gato ...

Anne M. Moor disse...

Sou Lú... nos de 4 patas e nos de 2 patas (hahahaha)
... com total irreverência do tempo e do espaço, Ti...

Udi Tarora disse...

Sublimação pode render muitas sacadas.

Estrelinha disse...

Anne...vc fala aquilo q quero ouvir...obrigada...suas palavras são verdadeiras!
Um grande abraço!

Anne M. Moor disse...

Udi: Sacadas, sonhos, ações...

Flávio: Gatos e gatas são ímpares...

Estrelinha: São palavras que traduzem sentimentos, momentos, vida...