quarta-feira, 11 de julho de 2007


A verdade
sobre nossas próprias vidas
não é fácil de aceitar,
e as vezes
nem nos ocorre...



Figura: people.tribe.net

7 comentários:

Flavio Ferrari disse...

Gastei uma grana com o psicanalista ...

Anne M. Moor disse...

E resolveu?

Ernesto Dias Jr. disse...

Não.

Anne M. Moor disse...

hahahahahahaha... que sincronicidade, como diria a Udi... As vezes acontecem coisas que nos forçam a tirar o nariz do umbigo e nos olhar, com olhos de ver, no 'espelho'. Easier said than done... Vamos dançar? Que é bem melhor...

Jorge Lemos disse...

Bailar com a vida!
Rodopios mil na ponta dos pés,
sentir-se vivo,
amado e odiado,
jogo permanente
de certezas e incertezas!
Não basta apenas um espelho...

Anne M. Moor disse...

"Bailar com a vida..." Só tu Jorge pra dizer tanto com uma única frase... E na mosca!!! Ando tonta de tanto bailar ultimamente... :-)
Bom dia meu amigo!

É! disse...

Melhor e mais barato é participar desta enorme terapia de grupo: ô coisa deliciosa!!!!!
Tem que ser muito corajoso para encarar as verdades da vida. Às vezes a coragem nos falta... É muito mais fácil se esconder atrás de árvores do que olhar em espelhos d'água nossa verdadeira cara.