segunda-feira, 1 de outubro de 2007

Caminhadas de uma vida...

Ao ir tomar o meu café matinal hoje no Arguta Café, um espaço que faz a diferença, inspirei-me para reforçar o que o Flávio diz lá. Eu tenho guardado muito perto do meu coração relatos, especialmente, de alunos, que ao longo de 45 anos me mostraram que eu estava no caminho certo e fazendo o que gosto de fazer - viver e deixar viver -. Sábado de tarde recebi uma visita relâmpago de uma pessoa maravilhosa que, embora jovem, já começou a fazer diferenças nas vidas de quem a acompanha. Me trouxe rosas brancas e um cartão, que neste momento de minha vida me emocionou profundamente - o cartão, mas especialmente o gesto. Meu muito obrigada a ela!

"Não acho que as pessoas venham a este mundo para estarem sozinhas. Mas sempre há "aquelas" pessoas que são mais especiais do que outras e que, de um modo ou de outro, transformam vidas. Tu és uma dessas pessoas. Primeiro tu o fizeste como professora e mais tarde e mais importante, tu o fizeste como pessoa. É tão bom poder continuar compartilhando minhas experiências contigo. Obrigada por fazer uma diferença tão importante."

Não sei o que fiz Flávio, mas me dá um prazer muito gostoso saber que o que foi que eu fiz ajudou alguém!! This makes life worthwhile...

6 comentários:

Udi disse...

Aquela sensação de "aqui é o meu lugar! estou onde deveria estar, no meu caminho". Bom demais!
beijo e boa semana, Anne querida!

Anne M. Moor disse...

Pra vc tbm Udi... E é isso mesmo... A descoberta de que estamos onde deveríamos estar é quase um afrodisíaco... :-)

Flavio Ferrari disse...

Isso é que eu chamo de sincronicidade ....
Não tenho dúvidas a teu respeito, querida ...

Nina disse...

Bom Anne,acabasse de retribuir a emoção que te causei...
Sem palavras para descrever como me senti lendo teu post.
Obrigado pelo carinho tão sincero!
Como tu mesmo nos ensinasse, é isso que levamos da vida.

Anne M. Moor disse...

Flávio: Great minds think alike (rsrsrs) e como diria o meu amigo do Holy Moments of a Waking Life, Fools Seldom Differ (rsrsrsrs)... Qdo li o teu post desencadeou isto...
Nina: As Flávio said: "Não tenho dúvidas ao teu respeito."

Raffaella disse...

Fazer um bem sem a intenção é muito melhor do que intencionalmente, não é?