sexta-feira, 16 de novembro de 2007

Parece tão fácil...

TODOS - médica, amigos, família - dizem que eu tenho que fazer musculação e esteira!!! Que raios de invenção foi essa? Bíceps, tríceps, braços, glúteos, pernas... agora isso, agora aquilo. É um troca troca de exercícios, cada qual mais chato que o outro. Nem dói, o que mostra que nem tão caquética estou!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!! Mas é muito chato.

As tais de abdominais, que pra mim, são pescoçais!!! Me recuso a fazer! Então tá diz a coitada da professora... Então agora vai pra esteira...
GENTE!!! A única vantagem da esteira é que se mantém o ritmo da caminhada. Mas é outra chatice!!! Hoje tentei ler... Levei o Mario Benedetti comigo e até deu pra ler. Mas a música que toca na academia não tem NADA a ver com o Benedetti!!!!!

Mas, fazer o quê? De morrer não tenho medo, mas de ficar torta tenho e, portanto, continuo com o calvário da academia!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

12 comentários:

A.Tapadinhas disse...

A esteira é uma chatice, Anne, eu sei. Sabes como resolvi o problema? Tenho um cão que fica maluco quando lhe ponho a trela: desata a puxar e me leva como se fosse correr a maratona... O problema é que a trela é extensível, mas não deve chegar aí...
António

Anne M. Moor disse...

Hahahahahahahaha Imagino a cena...

Angela disse...

Dou o maior valor pra uma boa caminhada. Na caminhada vc canta, sonha, pensa na vida, se distrai, relaxa.
Agora, o que eu acho chato na musculação é que vc tem que prestar atenção o tempo todo pra não se perder nas contas: 3X16, 3X8,esquerda, direita, etc
Putz. Muito chato!

Jorge Lemos disse...

Comprei uma bendita bicicleta para ser partilhada pela familia. Moral!
Não há moral; nela subi para exercitar-me uma vez apenas.

Anne M. Moor disse...

António: não tenho mais cachorro...

Angela: Caminhada só acompanhada... Sozinha ela tem a vantagem de ser um momento de encontro com a solidão, mas neste momento não estou muito a fim disso!!!!

Jorge: Pois!!! Estou tendo dificuldade de me obrigar a ir à academia, mas o Richard ajuda - me "empurra"... :-)

Maria disse...

Que vida dura!
E lá vou eu sair do meu cantinho e achar que isso é normal? É normal e aceitável entregar o corpo a tortura numa estética corrida por milímetro, colas quentes arrancadas a muque, mãos fechadas socando punhetaços no meu corpinho? Não bastasse o terror, ainda paga-se caro por estas cenas sado masoquista. Eu heim...prefiro a loucura!!!!

Clarisse Milano disse...

Anne! Senti-me honrada por tua visita. Confesso que já andei lendo teus posts e dos teus amigos, que indicas ao lado da página. Estou maravilhada com vcs todos! Ao ler os comentários de uns para os outros senti o carinho e o amor que a amizade carrega com prazer e suavidade! Um gde beijo, estarei por aqui sempre!

Anne M. Moor disse...

Clarisse:
Que bom que vieste aqui. volta sempre... Senta, te delicia, toma um café ou no Arguta ou no Prozac e participa conosco desta aldéia deliciosa que se formou.
Adoro a tua mãe...
Grande bj

Anne M. Moor disse...

Maria! Eu tbm, mas o corpo pede...

Jorge Lemos disse...

Escrevendo a História:

No inicio dos séculos retrassado e passado as mulheres, preocupadas com a estética, buscavam banheiras de leite de cabra, mascaras de lama preta, espartilhos que tiravam o folego, compressas de hervas variadas e, em áreas fechadas, banhos de sol.
Hoje, até para manter melhor a saúde, os instrumentos mecânicos dão ao fisico o vigor para se atingir a longevidade.
Anne esforçe e vá em frente.
A dança tambem melhora o físico
e salva a mente. Bjs.

Vera Menezes disse...

Fiquei cansada só de ver as fotos. Vou morrer torta!!!

Anne M. Moor disse...

O problema, Vera, é qdo se fica torta sem morrer!!!!!!!!