terça-feira, 1 de janeiro de 2008

Então é você

Então é você
que bem antes de mim
diz o que eu queria dizer
tão bem quanto eu diria.
E quem diria?
ainda melhor

Acho que teu nome é poesia
e por isso todos te chamam

Então é você
tua simples presença
preenche a minha existência
me faz ver o que eu não via.
E quem diria?
ainda melhor

Acho que teu nome é vida
e por isso todos te querem

Então é você
que quando fala
instala a compreensão
de tudo que eu seria.
E quem diria?
Ainda melhor

Acho que teu nome é amor
e por isso todos te amam

E quando todos te chamam
quem sou eu pra não chamar?

E quando todos te querem
quem sou eu pra não querer?

E porque todos te amam
“eu sei que vou te amar”

Letra: Alice Ruiz
Música: Estrela Ruiz Leminski
http://www.aliceruiz.mpbnet.com.br/ineditas/entao_e_voce.htm

13 comentários:

Flavio Ferrari disse...

Eu sou eu, você é você .... quem é mais poético, eu ou você ?

Anne M. Moor disse...

Hmmmmmmmmmmm... Depende do dia :-) Feliz, feliz, 2008... Bjossss
Aprendi um montão de coisas contigo ao longo de 2007... Thanks...

vittorio disse...

Como poderiamos definir alguem que garimpa as poesias, os textos, as letras, as frases, enfim as mais diferentes formas de estruturas escritas que nos falam tanto da vida e das emoções.
Enquanto tento encontrar gostaria de lhe desejar um 2008 repleto de felicidade e realizações e claro um 2008 de poesias....

Anne M. Moor disse...

Vittorio! Certamente repleto de poesia (s)... 2007 me apresentou você, poeta, sensível e amigo. Obrigada pelo seu carinho. E que 2008 seja cheio de alegrias pra todos nós.
Abraços...

ANA disse...

“eu sei que vou te amar”
Que hermosa la letra de esa canción de Vinicius de Moraes tambien, poesía tambien,
la que nos da vida interior y nos enseña tantas cosas de nosotros...
Un abrazo, el primero de 2008
ana.

A.Tapadinhas disse...

Eu sei que vou te amar...
Em cada despedida eu vou te amar...

En cada post eu vou te amar... :)
Beijo e até à próxima...
António

Anne M. Moor disse...

Ana o Vinícius é uma de nossas jóias... Aprender cosas de nosotros nos hace caminar para en frente... :-)
Un abrazo grande
Anne

Anne M. Moor disse...

António: E cantado pelo Caetano Veloso então... Ou tu és que nem o Walmir, que poeta, pinta e canta??? :-)
Beijos

Jorge Lemos disse...

Toda a estrutura poética numa só frase: "Eu sei que vou te amar"!

Sem amor,
como viver?
Sem luz,
como enxergar?
Sem poesia,
como caminhar por estas ruas
esburacadas pelas desilusões
das paixões que aportam e partem?

Meu cais ainda espera
as longas cordas
para amarras duradouras;
fiz-me poeta para viver de sonhos!

Jorge Lemos disse...

Anne
A simplicidade dos versos acima descrevem os meus momentos de partidade de BH e 1946. Achei que deveria postar para vc.
Beijos menina.

Udi disse...

Que lindo, Anne! Fiquei com vontade de ouvir, você tem a canção?
Obrigada por mais um de seus achados.

disse...

Ai Meu Deus!
É pós feriado especial
eu tenho muito que trabalhar
e tô com vontade de amar e sonhar.
Essa casa aqui hoje tá muito inspiradora...
Bjo pra todo mundo.

Anne M. Moor disse...

Jorge: Obrigada por compartilhar teus momentos comigo... As paixões que as vezes aportam e nem esquentam banco... Mas isso é vida e vida é feita de sonhos - alguns que se realizam outros não...

Udi: Vou ver e posto por aqui.

Lú: Hmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmm Então ama e sonha ou seria sonha e ama??? Não tem nada melhor...