segunda-feira, 24 de março de 2008

Brinquedo sério

Eu só brinco
quando é muito sério é muito sério
ser o teu brinquedo
Não tem mistério
não tem segredo
quando a gente brinca
quando a coisa é séria
quando o teu limite
é tão perfeito
quando ser brinquedo
pode ser tão sério
Pode haver um dia
em que a poesia
mude de endereço
deixe apenas tédio
mas enquanto isso
vem brincar comigo
vamos até onde
possa ser só riso
possa ir tão longe
possa ser tão lindo
pode ser brinquedo
pode ser tão sério

Letra: Alice Ruiz
Música: Celito Espíndola e Jerry Espíndola

6 comentários:

Suzana disse...

...Pode haver um dia
em que a poesia
mude de endereço...

Deixar de ser musa também é inspirador.

bjs

disse...

Anne:
Que coisa LINDA, tão real.
Vou copiar e colar AGORA!
Das que eu mais gostei por aqui.
Um beijao.

ANA disse...

Buenos días Anne,

si, la poesía es capaz de cualquier cosa,
de cambiarlo todo.
Un beijao muito poético .
ana.

Anne M. Moor disse...

Suzana: E muda de vez em qdo ao longo de nossas vidas...
Beijos

Anne M. Moor disse...

Lú<
Gosto muito das coisas que Alice Ruiz escreve e este é per - fei - to!!! Tentei achar a música, mas não achei... :-(
Beijos

Anne M. Moor disse...

Ana,
La poesia sabe decir las cosas que sentimos...
Besos