sábado, 12 de abril de 2008

Curto circuito...


"Se a balança de nossa vida não dispusesse de uma escala de razão para contrabalhançar o da sensualidade, o sangue e a crueza de nossa natureza nos conduziriam às mais absurdas situações." (Otelo, 1604-1605 - Ato ! - Cena III: Iago)

7 comentários:

disse...

Eu também curto.
De cultura, de amigos, aqueles da academia.Tem uns ótimos.(rs)
São Paulo já está no circuito de viagens? Avisa.
Beijo.

Anne M. Moor disse...

Acabo de comprar minha passagen!!!! Yippeeeeeeeeee... Vou dia 16 de maio (chego às 13:15) e saio no dia 20 de maio às 14:15. E MUITA festa eu quero.... Vamo que vamo... Vais né?

ANA disse...

Siempre esa lucha eterna entre la razón y el corazón. Nunca se sabe quien vence pero yo me guío mas por el que late.
Un beso,
ana.

Anne M. Moor disse...

Ana:
Hahahahahahaha
Buen dia con besos de sol

Zuleica disse...

Estive visitando o seu mês de abril. Amei a poesia e principalmente a imagem das estrelas refletidas na água. Visitei-a também no Prozac. Boa companhia. Abraços.

ESTÓRIAS DE ALHOS VEDROS disse...

A Justiça usa uma balança. Será a mesma que pesa a sensualidade?

Beijo.
António

Anne M. Moor disse...

António:
Mudaste de endereço?????????????????? Quem sabe? Mas acho que não...
:-)