sexta-feira, 12 de dezembro de 2008

Imaginação fértil



A profundidade das portas e dos arcos

que nos levam em viagens longas

por caminhos iniciados em sonhos,

provocam a imaginação a buscar

momentos de puro prazer...


8 comentários:

A.Tapadinhas disse...

Grandes gatunos: já roubaram as portas!
Mas não roubam os sonhos...
Beijo.
António

Anne M. Moor disse...

Nunca António

Beijos

Flavio Ferrari disse...

Ah ... penetrar a profundidade dos arcos .. que prazer ...

Anne M. Moor disse...

Flávio,
Também... :-)

Angela disse...

Portais,
Tantos já atravessados
Tantos ainda por atravessar

Possibilidades e algumas escolhas

Assim como na vida

Anne M. Moor disse...

É Angela e a distância que se enxerga através delas é a esperança na vida...

Beijão

Silvia disse...

Arcos são como espelhos, não te parece?

Anne M. Moor disse...

De certa forma sim...

Beijão