sexta-feira, 19 de março de 2010

Reflexões


A reflexão traz em seu bojo
formas espiraladas a fazer de
nós bonecos no dançar ao som
da valsa ou da rumba,
indo do cadenciado ao descontrole.

Enxergar a vida pelo olhar do outro
É vê-la de dentro pra fora
O espelho do nosso viver...
Do nosso ser...
Do nosso estar...

Querer entender o outro é de
certa forma desejar saber
o que nos faz tique-taquear
como o relógio da sala
na busca de um pêndulo viável!

© Anne M. Moor

15 comentários:

Anônimo disse...

And what is it that makes us tick?? Do we need the winding up of our mental clock?

Beautiful Anne Marie

Anne M. Moor disse...

Ronnie (??)

Good question or rather good 2 questions! What makes us tick is the big question and do we need winding up... I think so :-)

Big hug
Anne Marie

Mr. Almost disse...

Well,

Reflectindo... Eu nornalmente vejo o pêndulo de cima para baixo, como o relógio da sala vê o dele.

Tique-taquear o outro?... Obaaa! Que bom!

I love it!

Anne M. Moor disse...

rsrsrsrs E tu não tem conserto Mr. Almost :-)

Beijos sumido!
Anne

vittorio disse...

espetacular...fiquei balançado

Em termos de relacionamento não há reflexão que de jeito...
A tal de empatia...é algo tão complexo...pois colocar-se no lugar do outro
sem fazer uma transmutação dos sentidos e dos sentimentos...hás de convir é demasiado improvável.
Chego a brilhante conclusão talvez errada, que não passamos de nossos próprios reflexos nos outros... e talvez passamos a vida inteira sem nos olhar realmente...
Somos vários eus...o que somos para um certamente não o somos para outro... é interessante perceber que o que queremos não esta em nós...e assim vamos sendo conduzidos para cá e para lá no pêndulo da vida... o pêndulo da vida só se torna viável dependendo do lado que você está....ou do grau de alienação em que se encontra...


beijos pendulares

Anne M. Moor disse...

Vittorio

Obrigada!

Sim e não...

Sim para o que dizes "Chego a brilhante conclusão talvez errada, que não passamos de nossos próprios reflexos nos outros..."

E não "é interessante perceber que o que queremos não esta em nós..." ou assim o vejo... Está em nós sim, mesmo que refletido no outro. Tenho uma amiga que diz que não há "o outro", é apenas o nosso reflexo que enxergamos...

Complicado mas gostoso :-)

Beijão
Anne

Tear de Sentidos disse...

Oi, Anne! Grata pela visita ao Tear!
Que lindo poema! Expressa a ideia/o sentir de movimento...!
Ps: É impressão minha ou trocaste o layout do blog? Se trocou, ficou muito bem assim!
Bj, Tê!

Anne M. Moor disse...



Troquei sim... Que bom que gostaste do layout novo e do poema...

Beijão
Anne

Silvia disse...

Oi Vittorio. ÉS novo no blog ou eu é que ando sumida?
Excelente tua reflexão sobre mais esta pérola da nossa Anne. Só que gosto da idéia de Mr Almost: ver o pêndulo de cima para baixo. Endoidece menos !!!!

vittorio disse...

Eu é que te agradeço por nos fazer divagar por entre a nossa existência.
e por isso...
o querer já não está mais em nós, se é que, em algum momento esteve.
Nós desejamos, queremos, criamos uma necessidade de algo que se nos torna conhecido...as lendas nos trazem os primórdios dos desejos humanos... a começar por Adão e Eva
a história é pródiga em exemplos,
E hoje ....temos até cargos que tem em sua razão de ser, delinear e fomentar determinados comportamentos.. os geradores de tendências...
Eu gostaria de acreditar piamente na hipótese de que somos meros reflexos de nos mesmos.... infelizmente existem os filtros culturais, os valores, as ideologias, e outras variáveis que inteferem na imagem refletida... a torcem e retorcem a fragmentam, desmontam e remontam, enfim dão o tom...
e nos devolvem o que vêem de nós...ou o que acreditam ver de nós...ou o que querem que vejamos de nós....
Provávelmente a grande maioria dessas formas não será o que realmente somos...

Já disse um poeta ;
"se tu pudesses ver-me com os meus olhos saberias o quão imenso e puro é o meu amor por ti"

beijos sem reflexo somente beijos

Anne M. Moor disse...

Sylvia

Vittorio não é novo no blog não :-) É um amigo que me foi apresentado pelo Jorge há vários anos.

Obrigada pela "pérola" :-)

Beijão
Anne

Anne M. Moor disse...

Vittorio

"Por isso" o pêndulo que não pára...

Beijos simplesmente beijos
Anne

PS. Como está o Jorge?

vittorio disse...

Cara Anne, o Jorge esta convalescendo de uma operação nos olhos. Está muito bem, mas de molho, sem poder se movimentar muito a pedido do médico.
Continua com problemas na internet, para se ter uma idéia de como nosso pais evolui. Numa das áreas mais desenvolvidas do estado de SP, temos regiões de total zona cinza, e dá-lhe propaganda.
Irei estar com ele nessa semana, transmitirei tua preocupação, e claro o teu carinho para com nosso querido poeta.
vamos incrementar o site da AMLAC, e teremos um espaço para os nossos acadêmicos correspondentes, estarei enviando detalhes oportunamente.

beijos

Anne M. Moor disse...

Obrigada pelas notícias Vittorio. Dá uma abraço forte e um grande beijo no Jorge que mando.

Outro pra ti
Anne

Anônimo disse...

Approvingly your article helped me truly much in my college assignment. Hats afar to you post, choice look forward for more related articles soon as its sole of my pet issue to read.