sexta-feira, 15 de outubro de 2010

Contação de histórias

Vou contar a história
De um poeta que criou asas
Rebelou-se contra seu cotidiano
E saiu nas asas da águia em
Busca de seu sonho.

Foi preciso achar a coragem para
Quebrar com a convenção do viver
Em sintonia com o escrito por um
Alguém que ninguém sabe quem,
Mas que conduz nossas vidas!

A poesia alimentou alma e vontade
E construiu audácia necessária a
Um pulo no abismo do querer. Um
Escutar o coração a ditar o caminho
A acenar com a luz de estrelas.

Venceu o poeta! Venceu a poesia,
O sonho, a vontade de pisar na arena
Da leitura, do prazer. Venceu o café
que une pessoas em momentos de
companheirismo e sabor a vida!

© Anne M. Moor

8 comentários:

Carlos Eduardo Leal disse...

Venceu você, poeta tão lírica e cheia de encantos amorosos. É sempre muito bom te ler...
bjs e bom fim de semana
CEL

Anne M. Moor disse...

Carlos Eduardo

E você sempre com seus comentários carinhosos! Obrigada!

bjos
Anne

Solange disse...

acho que com coragem somos capazes de chegar lá...

que história poética mais linda Anne...

beijoca

Anne M. Moor disse...

Solange

Coragem e vontade nos levam ao pico das montanhas!

Beijos

Anne

Luna Sanchez disse...

Anne,

Deu vontade de saber o que inspirou essas linhas...

Beijo grandão, ótima semana pra ti! ;)

Anne M. Moor disse...

Luna,

Um dia te conto :-)

Beijos e uma ótima semana pra ti.

Anne

AC Rangel disse...

Aqui estou. Quase sempre atrasado. Mas estou. Estou pra dizer que tua poesia é linda e, certamente, deve ter agradado ao poeta que te serve de inspiração. Pode estar certa que se este poeta fosse eu, estaria. Acho que até correria até vc para te dar um beijo...

Rangel

Anne M. Moor disse...

Rangel

Ter coragem para fazer o que fez foi que me inspirou a poetar. :-)

Bjos
Anne