quarta-feira, 27 de julho de 2011

Uma preciosa pedra

Era uma quarta feira, depois do falecimento de minha irmã, no caminho do aeroporto em Brasília, quando paramos em um sinal vermelho. No carro, meu filho, meu cunhado, Ruti (minha cunhada) e eu. Todos tristes e quietos. Sair da casa de minha irmã estava sendo difícil, como se me arrancassem um pedaço...

Um jovem com uma sacola e umas pedras na mão aproximou-se do carro. Iniciou-se, então, uma conversa:

Jovem: Senhor! Ilustríssimo cavalheiro!! O senhor, que certamente tem mais dinheiro do que eu...

Elmar: (Baixinho) Certamente...

Jovem: (Com um sorriso educado) Me compraria ... Conhece essa pedra que faz tudo e não pode faltar no seu banheiro? Tira cabelo encravado (demonstrando em seu rosto), cascão do pé, entre outras coisas...

A esta hora estávamos todos sorrindo com o entusiasmo do vendedor e prestando atenção a sua exposição.

Ruti: Dá um!

Anne: Dá um também!

Jovem: Toma outra de brinde, que incrusive tira chifre encravado. Ta ligado?

Compramos dois e ganhamos um de brinde. Pedras pome em formato de coração. Um sinal de Deus? Talvez... O semáforo abriu, nos despedimos e continuamos em direção ao aeroporto. Dessa vez todos entre rindo e sorrindo, mais leves, ao admirar um jovem com iniciativa, educação e bom humor. Um bom vendedor.

Que bom saber que este país tem pessoas assim.

12 comentários:

Solange Maia disse...

a pedra do sorriso... mais uma função, e essa talvez nem o vendedor soubesse que tinha...

beijo carinhoso...

Luna Sanchez disse...

Luna : - Dá um também!

=D

(Fiquei emocionada, achei incrível, Anne!)

Beijokisses (porque tu gostou disso...rs).

Anne M. Moor disse...

Solange

Acho que ele sabia sim. :-)

beijos
Anne

Anne M. Moor disse...

Luna

Dou com prazer :-)

beijokisses

Anne

olhar disse...

são eles que fazem o nosso país...por isto eu os respeito e muito!

beijos minha querida!

saudades suas!

Bia

Anne M. Moor disse...

Bia, olá... Saudades também. Andei ocupada e atrapalhada. Estou voltando.

beijos

Anne

A.Tapadinhas disse...

...E não é que a pedra faz efeito deste lado do Atlântico?

Olha só para o meu sorriso!
rsrsrsrs

Beijo,
António

Anne M. Moor disse...

António

rrsrs Adoro teu sorriso!

bjs
Anne

Carlos Eduardo Leal disse...

Um coração que se vai e muitos outros que vem. Virão mais. Uma benção. Bjs enternecidos pela tua irmã. Carinho

Anne M. Moor disse...

Obrigada Carlos Eduardo

É algo que tem sido MUITO difícil de equacionar - talvez pela maneira que ela se foi :-( mas já faz 4 anos e agora está mais fácil...

bjs
Anne

olhar disse...

passando para lhe deixar um beijo!

Bia

Anne M. Moor disse...

Bj Bia