quarta-feira, 22 de fevereiro de 2012

"Coisas"



Certas coisas não cessam de surpreender
E trazem uma sensação de conchego
A relembrar momentos ímpares
De carinho, paixão e amizade.

© Anne M. Moor

12 comentários:

AC Rangel disse...

Amor, surpreende, Anne. Amor é aconchego. Carinho, paixão, amizade...amor.
E vc conseguiu sintetizar tudo nesta linda poesia. Especial poesia.

Anne disse...

Rangel,

Especial poesia. Especial inspiração que fez as palavras se jogarem na tela :-)

bjs
Anne

Graça Pereira disse...

E neste poema...está tudo dito!
Mil beijos
Graça

Anne disse...

Graça

Obrigada pelo carinho minha amiga.

bjs
Anne

Márcia disse...

O que nos cerca nos surpreende a todo momento.O aconchego está nas pequenas coisas.Teu poema resume isso de forma inspirada e sensível, como sempre!Bjs

Anne disse...

Márcia

Obrigada!

bjs
Anne

Maria Regina de Souza Cândido disse...

Obrigada Anne pelo carinho, seu poema é o afeto em palavras.
Um abraço

Anne disse...

Maria Regina

Obrigada pela visita. Volte sempre que será sempre bem vinda.

bjs
Anne

A.Tapadinhas disse...

Temos de deixar de ficar surpreendidos com o que de bom nos acontece...

...porque, afinal, nós nascemos para ser felizes!

Tudo de bom para ti, amiga!

Beijo, beijo,
António

Estás convidada (será preciso dizer?!) para a próxima visita a minha casa!

Anne disse...

Não precisa não rsrsrs - lá estarei!

Recebi e-mail da Livraria Cultura para me dizer que eu terei que esperar apenas mas uma semana pelo TEU livro :-)

beijão
Anne

Sonaira Zanini disse...

Coisas sempre faltam e sobram. Estou há algum tempo procurando algumas e perdendo outras, Anne. Suas palavras, como sempre, nos fazem pensar...

Agora em Belém, amanhã quem sabe...

Bjos e sdd

Anne disse...

Sonaira

How nice to hear from you!

beijão
Anne