sexta-feira, 11 de maio de 2012

Exigências


Exigências me fizeram
Cobranças impostas e
Eu, menina, adolescente
Adulta, mulher, mãe, filha
Segui o caminho dos outros...

Com rebeldia!

Exigente fui comigo mesma
Cobranças fiz ao longo da vida
A mim e aos outros
Até que o sol se fez presente
Sem véus, sem filtros e
A vida se me apresentou
No espelho com uma realidade
Desnudada e provocante!

De repente vi-me frente a
Um espelho questionador
Um ‘outro’ a fitar-me no olho
Com a sobrancelha erguida.

Refletir foi necessário!

© Anne M. Moor

6 comentários:

Graça Pereira disse...

Sempre tempo de reflectir e, por vezes, virar na primeira curva.
Beijo e bom fim de semana.
Graça

Anne M. Moor disse...

Olá Graça

Ótimo fim de semana pra ti tbm.

bjs
Anne

Márcia disse...

Anne refletindo vou crescendo e aprendendo!! Bjs

Anne M. Moor disse...

É Márcia, a gente aprende sim :-)

beijão
Anne

Anônimo disse...



Anna querida amiga

Um forte abraço
Jorge Lemos

Anne disse...

Jorge querido

Gosto muito deste poema pois espelha muito bem a minha vida.

beijão
Anne