domingo, 22 de abril de 2007



Reflexões para um domingo de manhã...

A cada dia recolhemos o que aprendemos até aquele momento e deixamos o que é conhecido para trás. Essa penosa separação não é agradável, mas em algum lugar íntimo devemos saber, vagamente, que dizer adeus ao que é seguro traz a única segurança que jamais conheceremos.

De Fugindo do ninho, by Richard Bach

Um comentário:

Amanda Arthur disse...

Estou tentando me convencer disto nos últimos dias...
Que venha o desconhecido!