quinta-feira, 24 de maio de 2007


vazio agudo
ando meio
cheio de tudo

Paulo Leminski

12 comentários:

Anne M. Moor disse...

Desculpem o baixo astral!!! Implodiu e explodiu sem querer... Climbing back into the saddle...

Flavio Ferrari disse...

Fecha os olhos
respira fundo
relaxa o corpo
escuta teu coração
Fica assim
inerte
consigo
que cada batida
enche o vazio
e esvazia a solidão

Anne M. Moor disse...

Dizer o que? Thanks. Desde sempre soube que seríamos amigos: não apenas porque podemos falar de tudo, mas porque sabemos calar juntos.
(Manuela Casal)

Anônimo disse...

Bom dia Anne!
As vezes é assim mesmo...
"Hoje eu quero sair só..."
Angela

Amanda Arthur disse...

E se encher de quando em quando é importante pra gente se lembrar de se esvaziar e deixar espaçopara entrar o novo!

Anne M. Moor disse...

Obrigada pelo carinho Angela e Amanda...

Ernesto Dias Jr. disse...

É isso aí. Encilha direito e monta de novo. E se o cavalo for chucro, troca.

Lú. disse...

Amanda:
que grande verdade e,
que sorte tem esse nenezinho
com essa mãe cheia de consistência e equilibrio.

Bjo

Lú. disse...

Ernesto:
Hoje você amanheceu impossível...
Onde passou a noite?
Lu.

Udi disse...

Anne, tenho tequila e sal aqui... se for o caso, tomo um porre com você.

Lu, se você não sabe, quem saberá?

Ernesto, e se ela não sabe mesmo, terás que te explicar direitinho!

Anne M. Moor disse...

Aceito o convite Udi, mas não pra tomar um porre, mas pra saborear o momento...

Anne M. Moor disse...

Não sei bem qual dos momentos, mas ...