domingo, 17 de junho de 2007


Amanhecer
Cliquem aqui para acompanhar a leitura.
Levanta a cortina dos teus olhos
Contempla a maravilha do amanhecer
A vida é uma criança,
esperta, bonita, inteligente
Passa correndo, é preciso ver
Acredita, enquanto há tempo:
não existe dor sem alento
nem tristeza tão longe da alegria
quando a luz de cada dia,
acende a vida,
iluminando o amanhecer
Não vacila, toma posse
da imensa alegria de viver.

by Ivone Boechat

8 comentários:

raquel neves de mello disse...

Hoje estou precisando da sua lareira. Meu coração ta tao frio.

Flavio Ferrari disse...

Poema gostoso. Música bacana. Essa Anne é mesmo uma arqueóloga de coisas belas.
E, Raquel, telefona para um amigo e pede para ele te dizer porque gosta de você.
Ele não vai acertar uma mas, quando desligar, você vai estar se sentindo melhor. Beijo !

Anne M. Moor disse...

Raquel:Depois de fazer o que o Flávio te recomendou, fecha os olhos, clica na música neste post e visualiza a lareira... Força amiga!
Flávio: E não é? Achei nas minhas andanças pela net... E Jorge Aragão tocando Ave Maria é muito bom...

zuleica disse...

Já quis ficar encolhida junto a um vitral, para sentir sem medo todo o meu medo e a minha saudade. Raquel eu ofereço minha lareira, abrindo uma exceção, porque não acendo nunca.(Que inveja você ser afilhada do Ernesto!)-Zuleica

raquel neves de mello disse...

Flavio, perguntei pra Carol, filha da Anne. Ela disse que gosta de mim porque pode me mandar a merda sem que eu fique brava. Nao ajudou muito. Vou tentar alguem mais sensivel.

Zuleica, eu sou outra Raquel. Amiga da Anne. Mas ja aceitei seu convite, embora seja outra a destinataria.

Anne M. Moor disse...

Raquel, não me perguntaste, mas vou te responder: Gosto de ti pq acolheste a Carol sem a conhecer, do nada, com imenso carinho, o que mostra que és uma pessoa do bem e sempre de braços abertos. Segundo, gosto de ti pq tu és tu, essa Raquel trabalhadora, competente e além disso leitora e sensível.
Bjão

Walmir Lima disse...

Lindo post, anne.
Vives dizendo que tu és bruxa... mas, na verdade, tu és fada.
Uma verdadeira 'Harry Post-er'.

Walmir Lima disse...

Desculpe o trocadilho... (Não resisti).