sexta-feira, 15 de junho de 2007

IMORTAL


Traz a tua paz para os meus sonhos
E faz que a minha noite seja eterna,
E assim, enquanto a vida hiberna,
Nossas almas, no entressonho,
Vaguearão juntas ao infinito
Num sopro de eternidade e vida.
E numa fuga do que esteja escrito,
Escapando do destino sensabor,
Libertos de incertezas aflitivas,
Distantes do corrupio, da roda-viva,
Buscaremos na esperança mais luzida
A imortalidade desse nosso amor.

By Francisco Simões
http://www.riototal.com.br/escritores-poetas/expoentes-021d.htm

8 comentários:

Walmir Lima disse...

Amor: A imortal esperança que nos faz imortais.

Anne M. Moor disse...

Amor:
luzes acesas
vozes amigas
chove melhor
(Alice Ruiz)

Gostei dessa...

Lú. disse...

"Não que seja imortal, posto que é chama,
Mas que seja infinito enquanto dure"
Viva o poetinha, que itertextualiza com Camões e faz uma coisa linda dessas.
Lú.

Anne M. Moor disse...

Lindo né Lú? Short and to the point... :-)

Flavio Ferrari disse...

Se a felicidade é algo que só alcançamos sós, porque buscamos sempre a dois ?

Lù. disse...

Porque é mais gostoso.
Lú.

Anne M. Moor disse...

Porque reforça a felicidade. A Felicidade, como tudo na vida, é muiiiiiiiiiiiito melhor compartilhada. Mas algo que se tornou claro pra mim ao lonnnnnnnnnnnngo :-) da minha vida é que se não conseguimos ser felizes sós, tbm não conseguiremos juntos com alguém... Difícil de entender? Certamente...

Lú. disse...

Agora falando sério:
Embora a felicidade seja mesmo algo a ser buscado individualmente, somos seres sociais. É da natureza humana a companhia, o compartilhar, porisso é mais gostoso e é assim que nos satisfaz.
Lú.