domingo, 12 de agosto de 2007



Por entre a nesga de duas nuvens
desenhei o teu sorriso,
qual sol vivificante,
terno e acolhedor...

Manuel da S. Mendes

7 comentários:

Udi disse...

A imagem vai ficando cada vez mais nítida...

Anne M. Moor disse...

:-)

zuleica disse...

Querida Anne- Vim visitá-la e gostei das poesias- abraços-zuleica (Obrigada pela sua visita).

Flavio Ferrari disse...

Os sorrisos ... ah, os sorrisos ...
São de aquecer o coração.

Anne M. Moor disse...

Especialmente os que alcançam os olhos...

Walmir Lima disse...

Sorrisos d'além-mar
São sorrisos de marcar
Do amigo sonhador,
Rosto terno, acolhedor.

Anne M. Moor disse...

Uma situação sem solução :-( Fazer o quê? Tocar a vida pra frente!!