domingo, 2 de dezembro de 2007

Hoje aprendi...


Hoje aprendi que amor existe.
Hoje aprendi que tem razões
Que a razão desconhece, mas
Que o coração sente.

Hoje aprendi que preciso viver.
Hoje aprendi que meu coração
Tem razões que não entendo, mas
Ouço com a alma.

Hoje entendi que é necessário levantar.
Hoje entendi que para ir em frente
É preciso parar de sentir raiva!

Hoje entendi que a vida me espera.
Hoje entendi que devo isso
A minha irmã, aos meus filhos e a mim...

© Anne M. Moor – 02/12/2007
Figura:
www.avalonvine.com/bella-vida-big.jpg

15 comentários:

Flavio Ferrari disse...

Principalmente a você ...
Mas poderia ser um sentimento mais leve ...
Que tal fazer de hoje o primeiro dia do resto de sua vida ?
Frase feita, mas nem por isso menos válida ...

Anne M. Moor disse...

Acho que com o fato de despejar o que eu estava sentindo no "papel", eu fiz exatamente isso Flávio. Escrever o que estamos sentindo nos liberta das amarras que nos prendem...
Thanks dear friend...

Udi disse...

Você devia escrever mais, sabia?
... e postar aqui prá gente.
beijo

Camila G dos Santos disse...

Que lindo Anne!!!!!

Grande abraço

Camila G. dos Santos

A.Tapadinhas disse...

Soneto! Viva! Há muito tempo que não lia um com o cheirinho a tinta acabada de estender! E que bem sabe! Foi pena não ter cabido aí os amigos... :) Vai fazer um p´ra nós, valeu?
António

Jorge Lemos disse...

Eu ontem a noite aprendi algo diferente:fomos; Stephany, eu Georginho e o Walmir a um
magistral programa musical clássico ondo se apresentou Sara Selles e Ulisses Dumalakas, flauta e piano. Algo extraordinário aconteceu: nunca vi em minha vida uma pessoa extrair tanto de um simples instrumento metálico tanta sonoridade. Sara, minha acadêmica,
snobou nesta divina arte.
Anne espero que vc venha no próximo espetáculo.

NOCTURNA disse...

Intentaré aprender todo eso, Anne...

Un abrazo, amiga!

zuleica-poesia disse...

Hoje aprendi.. que gosto cada vez mais de você. Abraços-zuleica

isa disse...

anne, que saudades de ti! como estas? que bom te ler, saber que tens um blog! quando puderes, vai me visitar també, virtualmente e concretamente. beijos!

isa disse...

anne, que saudades de ti! como estas? que bom te ler, saber que tens um blog! quando puderes, vai me visitar també, virtualmente e concretamente. beijos! isabel nogueira.

Anne M. Moor disse...

Udi e Camila: Adoro qdo vcs vem aqui... 2007 foi o ano em que me dei conta que sei escrever... E é tão bommmmm.

António: os amigos me dão a força que preciso pra continuar vivendo neste momento...

Jorge: Que maravilha... Bem que queria estar junto... Na próxima...

Nocturna: Vamos aprendendo a lo largo de la vida...

Zuleica: E eu de vc... Pena que não deu pra agente se ver qdo eu estava em SP...

Isa: que bom te ler tbm... Saudades de ti tbm. Já fui lá no teu blog te visitar. Volta sempre aqui... Vou adorar.

ANA disse...

Espero aprender tantas cosas buenas. Que la vida me las enseñe, que yo las comprenda.
Que me siga brindando la oportunidad de leerte, de leeros y de seguir disfrutando de vuestras hermosas palabras.
un abrazo,
ana.

Ernesto Dias Jr. disse...

Com a irreverência que me permito com uma amiga:

Força nas tetas, menina!

vittorio disse...

Cara Anne, sábio é quem consegue aprender com as lições da vida.
Porém mais sábio é aquele que compartilha estas lições com os demais.
Que muitos 2007 se prolonguem para que possamos mergulhar em suas poesias.

Anne M. Moor disse...

Ana: lo peor és que aprendemos e desaprendemos un mntón de vezes!!!!

Ernesto querido! Thanks, mas elas tbm estão testando minhas emoções!!!!! :D

Vittorio: Obrigada...