sábado, 7 de junho de 2008

Encontros e reencontros


Derek e eu na Praça dos doces na FENADOCE.
A fachada das docerias são réplicas da arquitetura antiga da cidade e a volta do Mercado Central.

O último mês tem sido de reencontros com os filhos. Cada encontro é um reencontro. Primeiro fui eu e o reencontro foi não só com os filhos, mas com os amigos da aldéia. Sensação de aconchego como a noite. A cada reencontro descobre-se mais sobre o passado, sobre o presente e, principalmente, sobre as pessoas. Lindo e Lindos! Depois, em casa, vieram. Uma já foi asas abertas à vida nova. Outros dois aqui. Uma outra ligada a nós por internet. Ontem de noite, com mais aconchego, fomos à FENADOCE. Quem aceitou o convite foi o Derek que aqui está para conhecer algo que é de sua cidade natal, mas que não conhecia. Fotos seguem para dar água na boca. Esta feira, a segunda maior do estado, sempre promove encontros e reencontros e não foi diferente ontem de noite. Todos nós abraçamos pessoas que a muito não víamos. Mas, egoisticamente, o melhor, pra mim, foi o aconchego dos meus filhos. Faltaram as meninas fisicamente, mas estiveram juntas em almas. Quem sabe vejo vocês por aqui um dia...


Alguns do milhares de doces à venda...

17 comentários:

disse...

Anne doce....
Beijão

Jorge Lemos disse...

Anne

Que o Derek faça por a agradável experiência de degustar um pedacinho de cada que for exposto.
Para você um beijo doce.

Clarisse disse...

que (re)encontro doce na terra do doce! e mais uma vez bem saboreado! bjo!

Anne M. Moor disse...

Lú querida...
Beijos enormes

Anne M. Moor disse...

Jorge:
De cada um é difícil - são muitos - mas ele fez um bom esforço!!!
Beijo doce procê tbm

Anne M. Moor disse...

Clarisse:
Está sendo bem saboreado messsssssssssmo...
Beijos

Raquel disse...

Que vontade de estar aí. Quem sabe no ano que vem?
Beijos

Suzana disse...

Uau! é de da água na boca!

Walmir Lima disse...

Lar, doce Lar,
Anne, doce Anne,
Colo, doce Colo...
da mamãe.
Garotos espertos.
Beijos a todos

Ernesto Dias Jr. disse...

Vou já na Ofner comer um folhado.
Não tem o mesmo charme da festa, mas quem sabe fechando os olhos...

Anne M. Moor disse...

Raquel,
A tua cama, a Serafina e a lareira estão aqui a te esperar. :-)

Anne M. Moor disse...

Suzana,
O pior é dar água na boca e não poder comer... Mas é uma feira bonita.

Anne M. Moor disse...

Walmir,
Thank you... :-) Tenho tido muitos dias de 'Lar doce lar' com filhos à volta. Muito bom mesmo.
Bom também te ver por aqui.
Abração

Anne M. Moor disse...

Ernesto,
Fecha os olhos, mas melhor é telefonar (Fala com o Derek) e encomenda que recebes no outro dia por Sedex ou VarigLog.
:-)

disse...

Anne:
Congela um pra mim.
Até fevereiro.
E bota mais água no feijão(rs).
Beijo.

Anne M. Moor disse...

Xacomigo Lú... Mais água no feijão e gasolina no carro... :-)

disse...

Anne:
Combinadíssimo.
Pode esperar.
Vai ser maaaaaaaaaaaaaaasssaaaa!!!
Iuhuuuu!!!!!!!
Beijao.