segunda-feira, 27 de outubro de 2008

Cantinho...



cantinho, cantinho meu ...
segura-me em teus braços
enquanto eu flutuo em paz;
deixa-me sonhar com o amor
que por janelas e portas
sai a voar e revoar por cima
de corações entrelaçados...

by Anne M. Moor - 2008

16 comentários:

Udi disse...

Tem dias que a gente só quer ficar quieta em nosso cantinho... como é bom ter um canto prá fugir e sonhar!

Ernesto Dias Jr. disse...

Tá loco, Anne! Vai gostar de bicho preguiçoso assim na...

Anne M. Moor disse...

Ernesto,
Mas vais dizer que não é a coisa mais querida????????
Nice to see you HERE...
Beijão

Anne M. Moor disse...

Udi,
Se é... Ficar sozinho faz parte de se destrinchar... :-)
Bjão

Jan disse...

Mas que coisa mais fofa

^^

Anne M. Moor disse...

Tbm achei Janice...

Ernesto Dias Jr. disse...

A Bia ganhou uma hamster. Luciana. Estamos apaixonados pelo bichinho aqui...

A.Tapadinhas disse...

Já fui felino em alguma vida passada: invejo-os tanto!
:)
Beijo felino (novo!).
António

Jorge Lemos disse...

Esta é a nossa Anne, buscando sempre um ângulo novo para nos mostrar a vida...

Na poesia também!

Amanda Arthur disse...

Que quentinho!
Concordo com o Antonio. Você vê a vida com poesia...
Beijo!

Anne M. Moor disse...

Ernesto, António e Jorge,
A vida é minha paixão...

Beijos aos 3

Anne M. Moor disse...

Amanda,
Vejo sim, mas nem sempre...

Bjão

Flavio Ferrari disse...

Lembrou-me de tempos piores, quando tudo que eu podia fazer era esperar pelo calor que eventualmente viria ...

Anne M. Moor disse...

Flávio,
A vida é um vai e vem eterno...

Como está a viagem?
Bjão

Sol disse...

nada melhor do que ter vários cantinhos como esse

Anne M. Moor disse...

É Sonaira, melhor e necessário!!
Beijão e até sexta...