sábado, 25 de julho de 2009

Liberdade


O desejo por liberdade é busca constante.
É tesouro dos que temos almas irrequietas,
curiosas, cheias de vida, sonhos e alvedrio.

Libertarmo-nos de nossas próprias correntes
é ato de coragem, garra e obstinação.

Traz-nos ansiedade, angústia, dor e a noção
da necessidade do olhar para o horizonte
em busca de nós mesmos .

Espaços e estações de imagináveis
combates que nos levem ao vôo da águia.



© Anne M. Moor

16 comentários:

vittorio disse...

É preciso ter coragem para voar
o vôo da liberdade
É preciso o sonhar do poeta, a nos revelar caminhos por entre as nuvens.

beijos

Anne M. Moor disse...

Vittorio

Coragem é algo que aprendemos a ter com a vida!!

Beijos

Ava disse...

Anne, querida,

As vezes nos libertamos de correntes e grilhões, terríveis e nos deixamos prender em outros tipos de prisões, que os sentimentos nos jogam, sem perguntar se estamos prontos para tais prisões...rs

Temos que viver fugindo de prisões...
São tantas de braços abertos...


Beijos!

Flavio Ferrari disse...

A liberdade é uma cenoura amarrada em uma vareta pendurada na cabeça de um burro ...
Tentar alcança-la nos mantém caminhando para frente.

Anne M. Moor disse...

Ava

Aprende a deixar as portas abertas...

Abração

Anne M. Moor disse...

Flávio

Graças ao bom Deus... sempre mirando a cenoura :-)

Bjos

Rosemildo Sales Furtado disse...

Olá Anne! Ter coragem é não ter medo do medo. E muita gente tem medo de transpor barreiras, e partir em busca de si próprio.

Uma ótima semana pra ti.

Beijos,

Furtado.

Denise disse...

Fez-me lembrar Fernão Capelo Gaivota

em seus vôos pela imensidão de si.

beijocas

De

A.Tapadinhas disse...

Tenho sorte, porque a minha ave mítica ainda voa nos nossos céus, não como uma sonhada Fénix, mas concreta e definida: a águia!

O teu poema levou-me, como o de Eugénio Andrade, nas suas asas. É sempre bom voar...

Beijo.
António

Anne M. Moor disse...

Furtado

"Não ter medo do medo" é realmente um ato de coragem :-)

Bjos

Anne M. Moor disse...

Denise

Estes vôos 'na imensidão' de nós mesmos é difícil mas tão bom quando conseguimos fazer isto...

Bjos

Anne M. Moor disse...

António

Voar, pra mim, é uma necessidade. Sem isso não respiro... Que bom que tu tbm voas...

Beijos voadores :-)

AC Rangel disse...

Anne, liberdade é vida, é oxigênio puro, é paixão, é vício. E que delicioso vício.
I'll be back soon...

BEIJO

rm disse...

Ei Anne,
não é que discorde de você: como discordar...

Mas como todo bom urubu malandro, levo sempre um para-quedas de reserva... rss


(mas a música é uma daquelas dos indefectíveis anos 70. Como se chamava mesmo a banda?)

Anne M. Moor disse...

Nas asas da águia Rangel :-)

Beijão

Anne M. Moor disse...

rm
discordando rsrsrsrs

A música é cantada pelo Don Maclean e sua banda presumo eu... Aqui ele canta em espanhol. Ele é o cara do American Pie... As letras das músicas dele são uma poesia!

Bjos