segunda-feira, 31 de agosto de 2009

Fernando Pessoa

Um pouco de Fernando Pessoa para adoçar o dia...

Se eu me sentir sono

Se eu me sentir sono,
E quiser dormir,
Naquele abandono
Que é o não sentir,

Quero que aconteça
Quando eu estiver
Pousando a cabeça,
Não num chão qualquer,

Mas onde sob ramos
Uma árvore faz
A sombra em que bebamos,
A sombra da paz.

Fernando Pessoa
http://www.secrel.com.br/jpoesia/1fpessoa039p.html

22 comentários:

Jorge Lemos disse...

Anne

Se eu quizer me acordar,
saberei, por certo,
em que porta entrar

Talvez pela porta da frente, pedindo passagem
para ser aceito. Entro contente.

Mas o melhor do sono, você sabe,
é sonhar.

Com baita saudade

Jorge Lemos

rm disse...

Se eu quiser depois do almoço
Tirar uma bela pestana
De manhã trabalho até o osso
Que é pra não faltar grana.

vittorio disse...

Quem me dera poder adormecer em teus braços
esquecer-me da vida em teu colo
quedar-me na infinitude do teu corpo
viver a eternidade dos sonhos de ti sonhados.

beijos
Vittorio

Rosemildo Sales Furtado disse...

Oi Anne! Muito obrigado por Fernandopessoar a minha manhã de segunda-feira. Maravilhoso!

Beijos,

Furtado.

Denise disse...

Fernando Pessoa,, só pra começar a semana..

TUDIBOM!!

Boa semana, Mestre!!

bju
denise

Ava disse...

Acho que quero a sombra, a relva, a natureza...

Onde a árvore faz a sombra... Há um cheiro de terra no ar...

Anne, Fernando Pessoa, assim, nos faz viajar...rs

Acho que combina também, com uma toalha xadrez, guloseimas finas, um vinho, e um violão...
Por que não...rs


Uma semana, cheia de paz!


Beijos

A.Tapadinhas disse...

Esta tua postagem fez soltar o melhor que há em cada um de nós.

Culpas a atribuir a Anne-Pessoa...

Boa semana.

Beijo.
António

Anne disse...

Jorge
Bom te ver por aqui... E concordo - sonhar é o melhor do sono sim...

Beijos

Anne disse...

rm
Viraste poeta?

Anne disse...

Vittorio
Sempre poeta e dos bons!!

Beijo

Anne disse...

Furtado, o Pessoa tem esse efeito nas pessoas... :-)

Anne disse...

Denise, pra vc também!

Anne disse...

Ava, um convescote sob o som da declamação do FP ... Maravilha!

Anne disse...

António, O nosso amigo Fernando Pessoa faz isso... Quantos poetas provocou aqui hoje?

Beijos

Ava disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Ava disse...

Anne, a essa hora, tenho que tirar o chapéu para voce...


Convescote!!!

Putz!


Querida, a gente até esquece de certas palavras, aí vc vem com essa...

Ótima!!!

Saudades dos tempos,em que que um convescote era um programa dos mais ousados que uma donzela podia fazer...rs


Beijos, minha querida!

Anne M. Moor disse...

Ava
Convescote é coisa do meu tempo rsrsrsrsrsrs Em muitos fui nos mais variados contextos :-)

Bom dia!

Janaina Brum disse...

Nossa, Anne, que delícia de poema!
Fernando Pessoa é tudo!
Beijo no coração
(quanto ao comentário que deixaste lá na minha casa virtual, coincidência ou não, ontem à noite quando falei contigo estava vindo de uma caminhada perfeita no Laranjal...)

Anne M. Moor disse...

Jana
Não acredito em coincidências :-)

Beijos

Ana Martins disse...

Olá Anne,
Fernando Pessoa também é dos poetas que muito aprecio.

Este poema é lindíssimo!

Beijinhos,
Ana Martins

Janaina Brum disse...

Elas realmente não existem! ;-)

Anne M. Moor disse...

Ana, ele é tudo de bom né?

Beijo grande