quarta-feira, 19 de agosto de 2009

Já se faz noite...


Já se faz noite
e o sono ronda
pesam os olhos
corpo cansado
vontade de
aconchego...

Os sonhos a espera
da entrega ao sono
serão sensatos, maduros
ou delirantes a provocar?

O dia que me trouxe você
deitou-se no afago das
longas conversas curtas
dos intervalos da labuta...

Onde estarás?

by Anne M. Moor

14 comentários:

rm disse...

"Sonhos sensatos"? Então não serão sonhos... rss

Ava disse...

Anne... Anee... meus sonhos andam senpre delirante... a provocar... mente marota, que cisma em me pregar peças...rsrs


O duro é a realiadade... dessa, não tem como fugir....


Melhor sonhar...rs


Beijos em seu coração!

Anne M. Moor disse...

rm
rsrsrsrsrs

Bjos

Anne M. Moor disse...

Ava

Sonhar SEMPRE! A vida é feito de sonhos e possibilidades...

Bjos

Rosemildo Sales Furtado disse...

Acho que o sonho é definido pela firmeza e intensidade do pensamento.

Beijos,

Furtado.

Denise disse...

Acredito em sonhos. E acredito mais em realizar os meus sonhos.
bju Anne....:)

vittorio disse...

os sonhos a repaginar eternos amores.
nos palcos e nas telas do nosso inconsciente.


beijos
Vittorio

AC Rangel disse...

Bela poesia. Mostra um amor tranquilo e seguro, mesmo quando ele se ausenta. Teu coração, com certeza, sabe onde ele estará...

Anne M. Moor disse...

Furtado
Pode ser...

Abraço

Anne M. Moor disse...

Vittorio
Nosso inconsciente as vezes é tão consciente...

Abração

Anne M. Moor disse...

Denise
Eu também...

Beijos

Anne M. Moor disse...

Rangel
Meu coração tem parte com o diabo, o que pode ser perigoso... rsrsrsrs

Beijo

A.S. disse...

Anne... estamos em sintonia!~
Também falo da Noite...

Gostei do teu poema!


Beijos...

Anne M. Moor disse...

A.S.

As noites trazem um encanto especial...

Abraços