sábado, 5 de junho de 2010

Ruídos

Silêncio e introspecção
continuam na canção.

A partitura do compositor
instaurou a vírgula...
ou seria o ponto e vírgula?

Os 'cafés' borbulham na espera
da volta, para um saboreio gostoso.

© Anne M. Moor – 2010

4 comentários:

Graça Pereira disse...

O silêncio numa procura nunca saciada...encontra-se na canção para celebrar a vida!
Com um café gostos?
Melhor ainda!
Beijo
Graça

Anne disse...

Graça

Adoro os teus comentários! :-)

Bjos
Anne

A.Tapadinhas disse...

Vim tomar um café rápido (mas gostoso!) contigo!

Estou muito ocupado com trabalhos, mais ou menos inadiáveis...

E aqui para nós: Na próxima semana vou estar em Amesterdão, num encontro com o meu amigo Van Gogh!

Muita excitação para um rapaz da minha idade...

No problem! So far, so good!

Beijo,
António

Anne M. Moor disse...

António

Que delícia! Dá um abraço no Van Gogh por mim... :-)

Beijos
Anne