quarta-feira, 16 de junho de 2010

Tempos tristes

O frio da vida bate com força.
Nada a ver com o jogo.
Amigos reunidos, ambiente gostoso,
entusiasmo, risadas, como tinha de ser.

O que destoou? O que me apunhalou?


Ver um amigo do coração,
irmão que eu não tive, alquebrado.
A vida, cheio de alegrias e desventuras,
nos atingem em tempos inadequados.
Jamais entenderemos essas coisas.


Talvez não nos cabe tentar compreender...


© 2010 Anne M. Moor

12 comentários:

Mr. Almost disse...

Aham...That's life.

Beijos.

Anne M. Moor disse...

Mr Almost

Eu sei, mas nevertheless dói!

Beijos
Anne

Ana Carolina Nunes disse...

A vida tem tantas faces né? Algumas delas a gente até tenta, mas realmente é difícil compreender. O importante é sempre prosseguirmos que certamente ela nos mostrará novamente a face das alegrias.

Beijos,
Ana.

Anne M. Moor disse...

Ana Carolina

Ainda bem né? A roda da vida não pára e forma redes cada vez mais complexas.

Beijos :-)
Anne

Marilyn Forito disse...

Tan triste, Anne Marie. A time to love, to remember, to cherish, to smile and laugh with them, to hug and hold. Be strong.

Anne M. Moor disse...

Marilyn

Sad it is, but as Mr.Almost points out "such is life".

You say it all, and all this without being overbearing! :-)

Hugs
Anne M.

Tear de Sentidos disse...

As incertezas da vida, Anne...
Bj, Tê!

Anne M. Moor disse...



Fazem parte de tudo né?!

Bjos
Anne

Marilyn Forito disse...

Yes, that's life, but for me mourning and grieving the loss of someone or something, if it is an animal, is very much part of my fabric. I mourn and grieve and am sad before, during and after the loss, it is part of my healing process. I can't just say "That's life" and show no feelings!

One of my favourite readings about life and death is Ecclesiastes 3:
A Time for Everything
For everything there is a season,
a time for every activity under heaven.
A time to be born and a time to die.
A time to plant and a time to harvest.
A time to kill and a time to heal.
A time to tear down and a time to build up.
A time to cry and a time to laugh.
A time to grieve and a time to dance.
A time to scatter stones and a time to gather stones.
A time to embrace and a time to turn away.
A time to search and a time to quit searching.
A time to keep and a time to throw away.
A time to tear and a time to mend.
A time to be quiet and a time to speak.
A time to love and a time to hate.
A time for war and a time for peace.

Anne M. Moor disse...

Yes Marilyn

What I meant is that grieving is also part of living... Loved Ecclesiastes 3 - says it all! Thanks.

Big hug
Anne M.

vittorio disse...

Eterno Aprendiz
Gonzaguinha
Composição: Gonzaguinha


Eu fico
Com a pureza
Da resposta das crianças
É a vida, é bonita
E é bonita...

Viver!
E não ter a vergonha
De ser feliz
Cantar e cantar e cantar
A beleza de ser
Um eterno aprendiz...

Ah meu Deus!
Eu sei, eu sei
Que a vida devia ser
Bem melhor e será
Mas isso não impede
Que eu repita
É bonita, é bonita
E é bonita...

Viver!
E não ter a vergonha
De ser feliz
Cantar e cantar e cantar
A beleza de ser
Um eterno aprendiz...

Ah meu Deus!
Eu sei, eu sei
Que a vida devia ser
Bem melhor e será
Mas isso não impede
Que eu repita
É bonita, é bonita
E é bonita...

E a vida!
E a vida o que é?
Diga lá, meu irmão
Ela é a batida
De um coração
Ela é uma doce ilusão
Hê! Hô!...

Mas e a vida
Ela é maravida
Ou é sofrimento?
Ela é alegria
Ou lamento?
O que é? O que é?
Meu irmão...

Há quem fale
Que a vida da gente
É um nada no mundo
É uma gota é um tempo
Que nem dá um segundo...

Há quem fale
Que é um divino
Mistério profundo
É o sopro do criador
Numa atitude repleta de amor...

Você diz que é luta e prazer
Ele diz que a vida e viver
Ela diz que melhor é morrer
Pois amada não é
E o verbo é sofrer...

Eu só sei que confio na moça
E na moça eu ponho a força da fé
Somos nós que fazemos a vida
Como der ou puder ou quiser...

Sempre desejada
Por mais que esteja errada
Ninguém quer a morte
Só saúde e sorte...

E a pergunta roda
E a cabeça agita
Fico com a pureza
Da resposta das crianças
É a vida, é bonita
E é bonita...

Viver!
E não ter a vergonha
De ser feliz
Cantar e cantar e cantar
A beleza de ser
Um eterno aprendiz...

Ah meu Deus!
Eu sei, eu sei
Que a vida devia ser
Bem melhor e será
Mas isso não impede
Que eu repita
É bonita, é bonita
E é bonita...

Viver!
E não ter a vergonha
De ser feliz
Cantar e cantar e cantar
A beleza de ser
Um eterno aprendiz...

Ah meu Deus!
Eu sei, eu sei
Que a vida devia ser
Bem melhor e será
Mas isso não impede
Que eu repita
É bonita, é bonita
E é bonita...

Viver!
E não ter a vergonha
De ser feliz
Cantar e cantar e cantar
A beleza de ser
Um eterno aprendiz...

Ah meu Deus!
Eu sei, eu sei
Que a vida devia ser
Bem melhor e será
Mas isso não impede
Que eu repita
É bonita, é bonita
E é bonita...

beijos

Anne M. Moor disse...

Vittorio

Essa canção é linda!

Bjos
Anne