quarta-feira, 21 de julho de 2010

Veredas

caminhar como andejo
pelos caminhos da vida a
absorver o perfume da natureza
dá-nos forças para enfrentar
frustrações e conquistas.

o farfalhar das folhas na brisa
acompanhado pelo sussurrar das
folhas secas sob os pés do andarilho
levam-nos pela sinuosidade e o enredo
de uma vida cheia!

© 2010 Anne M. Moor
Imagem: © António Tapadinhas - Convento dos capuchos – Sintra

10 comentários:

A.Tapadinhas disse...

Palavras para quê? Já foram ditas!

O teu poema descreve (pinta!) o quadro...

As casas estão lá a sugerir os passos de alguém que se não vê...

Que posso dizer mais? Agradecer-te!

Beijo com o perfume da natureza,
António

Anne M. Moor disse...

Bom dia António!

Teus quadros me inspiram. E que bom que li na tua tela o que havias pretendido ao pintá-la...

Sem agradecimentos - os dois pintam a vida a partir das experiências.

Beijo cheio de paz
Anne

Ana Martins disse...

Boa noite Anne,
que suavidade neste caminhar perfeito que o seu poema desenrola.

Beijinhos,
Ana Martins
Ave Sem Asas

Anne M. Moor disse...

Ana

O caminhar é espelhado na obra linda do António.

Beijos
Anne

Jorge Lemos disse...

Lá está Anne a enriquecer
nosso espirito e o Tapadinhas a inspirar poeta. Valeu amigos

Anne M. Moor disse...

Jorge

A beleza do trabalho do António é sempre inspirador.

Beijos meu amigo
Anne

Carlos Eduardo Leal disse...

Quelinda imagem, Anne.
Lembrei, após tb ter lido o comentário de António, das cartas que Van Gogh escrevi a seu irmão Teo. Eram verdadeiras descrições, pinturas das paisagens. Linda poesia! Veredas, então?
bj e um carinho,
Carlos Eduardo

Anne M. Moor disse...

Veredas, Carlos Eduardo :-), veredas, as vezes misteriosas, que povoam nossas vidas.

Beijão
Anne

Graça Pereira disse...

Aqui está como diz o António: escrever a pintura e pintar as palavras. O quadro é belissimo como todas as telas dele...mas hoje, tu pintaste as palavras e de um modo perfeito!
Beijo amigo
Graça

Anne M. Moor disse...

Graça minha amiga!

Obrigada pelo carinho!

Beijos
Anne