quinta-feira, 16 de dezembro de 2010

Companheirismo

Chega um momento na vida em que ter alguém para dividir as coisas mais simples da vida, faz falta. Um beijo de bom dia. Um toque de carinho. Um silêncio companheiro. Um abraço longo de ternura ao se encontrar no final do dia. Um papo preguiçoso cheio de compreensão. Um silêncio repleto de presença e finalmente um terminar o dia juntos. O amor existe através de um companheirismo e uma amizade sólidas e um estar junto gostoso com muito carinho.

13 comentários:

Flavio Ferrari disse...

Acho que faz falta em todos os momentos ...

Anne M. Moor disse...

É, acho que tens razão :-)

bjs

Anne

A.Tapadinhas disse...

Essas de que falas, contam...

...mas há outras, verdade?
:)
Beijo,
António

Gonçalo Cholant disse...

sempre precisamos. voltei a escrever.

:)

me inspiras!

beijos, beijos!

Anne M. Moor disse...

António

Há sim, mas essas são mais fácil de ter :-)

beijão

Anne

Anne M. Moor disse...

Gonçalo

Me deste uma notícia maravilhosa! Ainda vou poder dizer "Este escritor/poeta foi meu aluno"! Vou lá no teu blog ver.

Tu escreves muito bem!

beijos
Anne

Anne M. Moor disse...

Gonçalo

Voltei pra te dizer que tu és muito do porreta!

abração
Anne

Luna Sanchez disse...

Anne,

É para isso que eu como feijão quase todos os dias...rs

Beijo, beijo.

ℓυηα

Anne M. Moor disse...

Luna

rsrsrs

bjos

Anne

Jorge Lemos disse...

Andei pensando:

Viram como é fácil?
Basta se esforçar um pouco.

Anne M. Moor disse...

Jorge

Fácil? Também acho, mas tem tanta gente que perdeu o rumo do carinho...

bjos
Anne

nacasadorau disse...

É isso mesmo amiga!

Coisas bem simples afinal, mas que são demasiadas vezes esquecidas.
Carinho e ternura são fundamentais para a felicidade.

Beijinhos

Anne M. Moor disse...



Que bom te ver por aqui.

Grande beijo e bom final de semana.

Anne