terça-feira, 31 de janeiro de 2012

Telhados


Caminhar nos telhados alheios
Como gato a observar as estrelas
E a buscar um companheiro
Apraz-me! As coberturas
Que vejo da minha janela
Ao estar aqui sentada
Contam imensas histórias
De amores, de rixas, de vidas
Vividas com intensidade
Em períodos diferentes...

© 2010 – Anne M. Moor
Imagem: "Obidos" de António Tapadinhas

6 comentários:

A.Tapadinhas disse...

Ia dizer que tu, noutra encarnação, devias ter sido gata...

...mas depois lembrei-me do duplo significado que os brasileiros dão a gata: é, afinal, apenas uma continuação!
:)
O meu Óbidos está muito orgulhoso!

Beijo,
António

Anne disse...

António :-)

Vai ver que eu era mesmo rsrsrsrs

eu Óbidos é lindíssimo!

beijão
Anne

Graça Pereira disse...

É quadro muito bonito, com cores fortes,numa paisagem tipicamente portuguesa do nosso querido Tapadinhas e que tu documentaste de uma forma espetacular.
Beijo
Graça

Anne disse...

Graça

Os quadros do António sempre me inspiram!

bjs
Anne

Suzana disse...

Como suas janelas e portas...
bjs

Anne disse...

Suzana

Que ora fecham para depois abrir novamente...

beijão
Anne