domingo, 31 de maio de 2009

As labaredas do aconchego

O frio chegou. Ao terminar uma semana muito cheia sento-me aqui com minha companheira e a lareira. O fogo encanta os olhos. As labaredas em um hipnotizar terapeutico a aquecer o corpo e a casa. Um certo cheiro de fumaça enche meu cantinho. Pelas janelas vê-se nuvens cinzas. Vento a farfalhar as folhas das árvores. O chiar do ventar nos pagos do sul fazem música de um ninar diferente. Sopra como um dragão enfurecido pelo corredor do condomínio. O crispar das chamas se contrapõe ao uivar do vento formando uma sinfonia de inverno e de aconchego. Frio na rua e calor na alma traz sentires gostosos. Lembranças de momentos deliciosos guardados nos coração. Paz instaurada. Leitura concretizada. Escrita solta. Amor faz-se com as palavras.

© Anne M. Moor

16 comentários:

AC Rangel disse...

Depois de tanto aconchego, de tanto calor e carinho, amor faz se com as palavras. Que lindo quadro.

Anne M. Moor disse...

Um quadro Rangel que nos traz tanto bem...

Beijão

Silvia disse...

Assim não vale! Me fazes penar de saudade dos pagos. Posso ouvir o Minuano uivando gostoso e sentir o cheirinho aconchegante do fogo. Obrigada, amiga.

Flavio Ferrari disse...

Pode ser ... mas que a lareira ajuda, ajuda !

Carlos Eduardo Leal disse...

Que linda verdade! "O amor se faz com palavras", principalmente aquelas que só o(a) outro(a) podem compreender no calor da lareira das paixões.
Lindo texto!
Abraços,
Carlos Eduardo

Anne M. Moor disse...

Silvia,
Que bom que te deu um gostinho de quero mais!

Beijão

Anne M. Moor disse...

Flávio, a lareira no inverno torna-se o centro da casa...

Beijos

Anne M. Moor disse...

Carlos Eduardo
As palavras são nosso caminho ao coração...

Bjos

Avassaladora disse...

Anne, o amor faz-se comas palavras e com cantinhos como esse... /tanto o seu blog, quanto a sua lareira...rsrsrs


O amor está aqui... impregnado em cada palavrinha... em cada ponto e vírgula...

E vc é apenas a porta voz dele...

A.Tapadinhas disse...

Eu sei! Eu sei, porque já me disseste o ano passado, que aí também faz frio...

Mas, desculpa-me! Eu não consigo pensar no Brasil com frio...

Beijo caloroso.
António

Anne disse...

Ava é uma honra ser porta voz do amor!

Beijos

Anne disse...

António:
E o frio continua e a lareira tbm :-)

Beijos com cheiro de lareira :-) (Novos)

Suzana disse...

Que cheirinho de colo gostoso!!!


bjs

Anne M. Moor disse...

O colo ficou faltando Suzana kkkkk

Suzana disse...

Sei naõ!ops!
bjs

Anne M. Moor disse...

Suzana kkkkkkkkkkkkkkkkk Tu és um avião!! rsrsrsrs