terça-feira, 2 de junho de 2009

Baralho das sensações

Este texto, escrito a partir de estímulos sensoriais sugeridos, é de minha querida amiga/irmã Sílvia King Jeck. Amiga de 'outros carnavais'. Companheira de muitas luas.


Céu estrelado, em noite de lua nova. Muito frio nas coxilhas e planícies de minha querência. Aqui, no pomar onde moro, sinto o cheiro da terra molhada pelo sereno que torna ainda mais ácido meu perfume natural. E o cheiro do mato, nesta noite especial, cria uma moldura notável para o dourado selvagem de minha pele. Estou prontinha para ser colhida: sou uma laranja madura.

© Silvia King Jeck- 15/10/05 - Niterói

23 comentários:

A.Tapadinhas disse...

Um texto telúrico, muito forte sugestivo...

Sílvia é laranja... e Anne?
:)

Beijo.
António

zuleica-poesia disse...

Depois de muito tempo, volto a me deliciar com os textos dos blogueiros... e os seus se destacam. Parece até que estou sentindo os perfumes! Abraço da Zuleica.

Anne M. Moor disse...

António:
Apesar de amigas somos do mesmo signo... :-)

Beijos taurinos

Anne M. Moor disse...

Zuleica
Que prazer te ter aqui novamente!

Abração

Silvia disse...

Esta laranja aqui tornou-se super doce com o espaço todo orvalhado oferecido pela amiga/irmã. Obrigadaaaaaaaaaaaaaaaaaaa.

Avassaladora disse...

Anne, impecável e impagável....

Deve ser uma laranja especial, assim como vc!


Beijos!

Anne M. Moor disse...

Sílvia,
Responde aos teus leitores... :-)

Beijão querida!

Anne M. Moor disse...

Ava,
Somos muito parecidas sim, agora se somos laranjas especiais... sei não...

O que tu achas Sílvia???

Silvia disse...

Antônio, Zuleica, Avassaladora. Prazer em conhecê-los! E obrigada! Escrever é, também, uma das minhas paixões. Como vêem Ana e eu somos mesmo muuuuito paraecidas em nossas emoções e preferências. Agora, se somos laranjas especiais, fica o convite para que eles passeiem por nossos laranjais, não achas?

Tetê disse...

hummm, Anne,

tô me sentindo laranja podre e beira de estrada
:/


bju linda!

Anne M. Moor disse...

Que isso Tetê!!!!!!!!!!!!!!! Podre porque???

Beijão

Ernesto Dias Jr. disse...

Pronta pra ser colhida...
Isso que é uma sensação do baralho!

Carlos Eduardo Leal disse...

Quantos gomos tem esta laranja? Hum, vamos ver: um gomo de delicadeza, outro de poesia, outro de feminilidade, outro de doçura, outro de literatura, outro de amizade, outro de paixão pela vida, outro de...
Bjs, lindo texto Silvia!
Carlos Eduardo

Jorge Lemos disse...

Anne
O sabor do frutoa aumenta
quanto mais seiva da terra suga:
assim conta o frio vento, o minuano, nos ouvidos da prenda
que amamos.
Saudade imensa.
Jorge

Luna Sanchez disse...

Pura doçura.

Um beijo,

ℓυηα

Suzana disse...

..."Pronta para ser colhida!"...
Que emoção forte, assusta-me a espectativa, na altura do campeonato.

bjs

Anne M. Moor disse...

Ernesto,
Tu és o rei do jogo de palavras :-)

Beijão

Anne M. Moor disse...

Carlos Eduardo
É uma laranja grande
na qual cabe uma vida
rica em experiências!

Beijos

Anne M. Moor disse...

Jorge,
Teus comentários sempre pura poesia!

Tbm muitas saudades...
Te cuida

Beijos

Anne M. Moor disse...

Luna: a vida é doce!

Anne M. Moor disse...

Suzana,
Nunca é tarde para expectativas minha amiga!

Beijão

Silvia disse...

Encantada ao ver tanta gente passeando pelos laranjais. Voltem sempre! Bjos

Silvia disse...

Carlos Eduardo. Que suavidade ao separar os gomos da minha laranja! Acertaste em cheio.....Bjo