quinta-feira, 28 de maio de 2009

O nosso chão...


O nosso 'chão' diverte-se a brincar de areia movediça...
Some como por milagre, de uma hora pra outra,
mas assim como foge ele ressurge do barro peguento.
Altos e baixos povoam nossas vidas e criam nós a
Fazer-nos chorar em um derramar de fel lodoso!
Aprendi, ao sair pela ponta inferior do parafuso
que não vale a pena deixar-se abater de vez por
coisas que temos escolha de mudar...
E ao achar a coragem de enfrentar o aluvião,
consegui galgar a subida para voltar ao topo do
molinete e a viver voltei.

Brotou de uma conversa com alguém muito querido...

20 comentários:

Carlos Eduardo Leal disse...

Nossa que lindo! Belas metáforas. Nosso chão, nossa vida em parafuso. Às vezes não é ele quem falta na nossa cabeça, este tal parafuso? rs
Bjs
Carlos Eduardo

Carlos Eduardo Leal disse...

"coisas que temos escolha de mudar..."
Às vezes acho que a nossa grande liberdade na vida é simplesmente a liberdade de escolha. Por que não fazemos isso?
Bjs
C. Eduardo

Anne M. Moor disse...

Este tal de parafuso, Carlos Eduardo, tem várias utilidades que as vezes estragam!!!! :-)

Boa pergunta... Tenho o filho de um amigo que diz essa tal de 'liberdade' é uma ilusão. Nossa liberdade está presa a tantos elementos externos e internos que a escolha deixa de ser nossa...

Mas Deus nos criou com a capacidade de fazermos escolhas e porque não as fazemos as vezes ou muitas vezes????? Talvez porque nos causam dor... Por medo... Sei lá...

Beijos

Suzana disse...

Novamente a teoria do caos ou "efeito borboleta"!
Bom viver, não é?!

bjs

AC Rangel disse...

Por que tanta tristeza? A vida é breve. As amarguras devem ser mais e mais breves ainda.

rm disse...

Ei Anne,
isto é o que se chama "abrir a caixa de ferramentas", heim? rss

Avassaladora disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Avassaladora disse...

"O nosso chão diverte-se a brincar de areia movediça..."

Anne, uma brincadeira de extremo mau gosto...rsrsr


E quanto menos queremos brincar, mas areia movediça temos sob os pés...

Vc quando solta o verbo, haja coração! rs


Ótimo final de semana... Já quase na metade...rsrsr

Aqui na minha cidade é feriado na segunda.. então tenho um feriado prolongado..rs



Beijos e carinhos mil!

Anne M. Moor disse...

Suzana, a vida é um caos muito gostoso... :-)

Anne M. Moor disse...

Rangel meu querido!!
Ahããããã... Simmmmmmmmmmm????? :-)

Não estou mais triste. As areias movediças pararam de se mover.

Beijos :-)

Anne M. Moor disse...

rm, assim como se abre, fecha-se de novo :-)

Anne M. Moor disse...

Ava, Pode até ser de mau gosto, mas a vida de vez em qdo ou de qdo em vez tem mau gosto. Certamente, para nos ensinar a amar a vida que temos...

Bom findi pra ti então! Sorte a sua! Beijão

Suzana disse...

E por falar em efeito borboleta, você nem imagina a vontade que me deu de ir para o sul e te conhecer!
Tô babando no encontro do F.F. com o Antonio!
bjs

e.t.: Quem sabe?!

Anne M. Moor disse...

Vem sim Suzana, vou adorar! E a Fenadoce começa dia 3...

Suzana disse...

Em julho devo ir a Floripa, entãO quem sabe consigo dar uma esticaaaaaaaadinha!
bjs

A.Tapadinhas disse...

Caramba! Tu não tens asas?

Beijo voador.
António

Anne M. Moor disse...

Suzana,
Qdo tiveres vontade vem sim... Vou adorar te hospedar.

Beijos

Anne M. Moor disse...

António,
Tenho asas sim, mas as vezes ficam pesadas... :-)

Beijão

Flavio Ferrari disse...

Nada como voltar ao que não devíamos sequer ter deixado ...

Anne M. Moor disse...

Tens toda razão FF!