quarta-feira, 27 de maio de 2009

Correria!


Há momentos na vida em que o relógio
Parece enlouquecer e a vida torna-se
Um tumulto ‘punk’ e caótico!

Tudo e todos conspiram para o
Enlouquecimento precoce – será –
De uma vida a caminho do ocaso!

© Anne M. Moor

19 comentários:

Rosemildo Sales Furtado disse...

Olá Anne! Será que chegará a tudo isso? DEUS queira que não.

Beijos,

Furtado.

Flavio Ferrari disse...

É por isso que eu no caso más ...

C. disse...

Têm dias assim para mim tb Anne, mas loguinho folga :=)

A.Tapadinhas disse...

Antes um relógio louco
que a vida saber a pouco...

Beijo.
António

Luna Sanchez disse...

Sim, eu tmb vivo desse jeito...

Um beijo,

ℓυηα

Anne M. Moor disse...

Furtado: Certamente que não rsrsrsrs. É que a tampa da panela explodiu... Já está de volta ao lugar :-)

Anne M. Moor disse...

Flávio: Quem falou em casar?????

Anne M. Moor disse...

C. e Luna: Acho que todos nós nénão?

Anne M. Moor disse...

António: realmente! Amanhã é o grande dia??!!!!!

Beijos menos caóticos :-)

Suzana disse...

Anne,

O caos existe!

bjs
hehehe

A.S. disse...

Olá ANNE...

Sim!... Vivemos demasiado dependentes, quase escrevizados pelo correr implacável dos ponteiros do relógio...


BjO'ss

Carlos Eduardo Leal disse...

O relógio enlouquece
quando o tempo escorre/
precoce
e a palavra não dita
transborda esquecida/
atada fica
na boca-por-se-beijar.

Avassaladora disse...

Anne!

Incrível, mas minha vida táq desse jeitiho...

Um tumulto "punk"...rsrsrsrs

O engraçado é que tudo acontece de uma hora para outra... Da calmaria a tormenta!


Ando tb numa guerra fria com o relógio...rs


Beiojos e carinhos!

AC Rangel disse...

O que é o ocaso?
Certamente algo muito distante de quem, como vc, esbanja alegria e vitalidade.
Para espantar esta ideia de ocaso só mesmo um belo luar.
Beijo.

Anne M. Moor disse...

Suzana,
Graças ao Bom Deus!! :-)

Anne M. Moor disse...

Albino,
Precisamos aprender a desacelerar e olhar pro mar...

Abraços

Anne M. Moor disse...

Carlos Eduardo,
Poetando no comentário :-)

Beijo

Anne M. Moor disse...

Os tumultos punks são nosso calvário Ava rsrsrsr

Beijão

Anne M. Moor disse...

Rangel,
O poente pode ser tão belo quanto um belo luar... Um anuncia o outro!

Beijos luares :-)