segunda-feira, 5 de outubro de 2009

Fascinante!


Meio dia!
Anoiteceu repentinamente –
Trovões, relâmpagos, bruxos a brincar
No céu. Nuvens pretas a perambular
Rapidamente frente aos olhos.

Meio dia!
A tormenta a esconder misteriosa
A luz da hora! Movimento e ruídos
Povoaram o momento do sol!
Fascinante cena sombria!

© Anne M. Moor

7 comentários:

Ava disse...

Anne, a vida imita a natureza...

ora tempestades... ora um sol ofuscante..

Cabe a nós não deixar que o medo da tempestade tire a beleza de um lindo sol depois...

bjs

vittorio disse...

A fúria da natureza tem a sua magia, o seu encanto a sua beleza.
Nada mais majestoso do que as luzes dos raios acompanhadas pelo rumor dos trovões.
Nada como a bonança após a tempestade, assim como em nossas vidas.
Quem já amou intensamente o sabe.

beijos
Vittorio

Anne M. Moor disse...

Ava... e como!!

Bjos

Anne M. Moor disse...

Vittorio

Verdade...

Bjos

Janaina Brum disse...

Anne, tenho um verdadeiro fascínio por tempestades. Ontem, à hora em que tudo escureceu, eu estava na rua, fiquei observando todo o movimento das nuvens e das pessoas e pensei muito no quanto nos esforçamos para negar que há algo não controlável por nós...
Beijo

Anne M. Moor disse...

Eu confesso que embora me fascinem, não gosto muito não...

Beijos

Udi disse...

Continuando no raciocínio do post anterior: amazing! (seguida de exclamação) é uma palavra que gosto para situações com esta.
bjo